Cartilha lança luz sobre o tema do sofrimento psíquico no âmbito da atuação profissional da advocacia

Inspirada nas reflexões de Michel Foucalt sobre o cuidado de si, a Cartilha de Saúde Mental da Advocacia tem como objetivo lançar luz sobre o tema do sofrimento psíquico no âmbito da atuação profissional. O documento foi lançado oficialmente na OAB Paraná na noite desta sexta-feira (26) pela conselheira federal Sandra Krieger (SC).

O evento foi aberto pela presidente em exercício da seccional, Marilena Winter, e contou com as presenças do diretor tesoureiro do Conselho Federal, José Augusto Araújo de Noronha, do ex-presidente nacional da OAB, Roberto Busato, do tesoureiro da seccional paranaense, Henrique Gaede, da coordenadora da Escola Superior de Advocacia (ESA), Adriana D’Ávila, e da diretora da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA-PR), Silvana Niemczewski.

O objetivo do projeto, lançado em 2018 pelo Conselho Federal, é estimular a discussão, a prevenção e o tratamento de transtornos mentais. “O cuidado com a saúde mental sempre foi muito estigmatizado, ainda há muita resistência  em relação ao tema”, disse a conselheira federal, responsável pela coordenação dos trabalhos da Comissão Especial de Direito Médico e da Saúde da OAB Nacional na redação da cartilha.

“É muito fácil, por exemplo, perceber uma pessoa com um braço quebrado, mas quando não há uma materialização da doença as pessoas entendem em larga maioria que é uma fragilidade, que a pessoa é uma fracassada. Então a nossa proposta é falar sobre isso, é criar empatia”, explicou.

De uma experiência pessoal, Sandra reuniu outras vivências de colegas que passaram por situações similares. “Com a repercussão da iniciativa, lançamos o programa nacional de prevenção da saúde ocupacional e mental do advogado. Num primeiro momento era uma campanha que, devido ao interesse da classe, se tornou um programa nacional da OAB. A ideia é evitar que as pessoas fiquem tão doentes a ponto de terem que recorrer a tratamentos mais agressivos e até internamentos”, afirmou.

A cartilha de Saúde Mental da Advocacia elenca as principais síndromes que acometem advogadas e advogados em razão de seu ofício e também métodos de diagnóstico e tratamento. Acesse aqui  Cartilha de Saúde Mental da Advocacia – O cuidado de si como inerente à preservação dos direitos dos outros. 

Projeto Saúde Mental

No dia 30 de julho a  CAA-PR inicia o Projeto Saúde Mental no Paraná, com a palestra “Depressão, o mal do século”, ministrada pelo médico psiquiatra Saint-Clair Bahls. O evento será às 19h, na sede da OAB Paraná, em Curitiba. Para participar do evento, o advogado deve se inscrever gratuitamente no site www.caapr.org.br/saudemental.

O Projeto Saúde Mental foi desenvolvido, em parceria com a Comissão de Direito à Saúde da OAB Paraná, com o objetivo de contribuir para conscientizar advogados a respeito de transtornos mentais que podem ser causadas pela prática da advocacia. Entre elas, transtorno de ansiedade generalizada e do pânico, depressão e Síndrome de Burnout.

Por meio de palestras mensais (última terça-feira de cada mês), terapias em grupo (quinzenalmente às quartas-feiras) e individual mediante agendamento, o Projeto da CAA/PR pretende ajudar na prevenção e tratamento destas doenças.

Postado em: Destaque, Notícias | Tags: Sem tags

© 2020 - OAB-PR - Coordenação de Informática - Todos os Direitos Reservados